terça-feira, 3 de novembro de 2009

Super Força em GURPS

Mais um artigo da iniciativa Gurps, dessa vez no Gurps Nation: Eu tenho a força!

Tudo sobre Super força em Gurps, desde a primeira edição até hoje, com regras para quarta edição do Gurps Powers e Gurps Supers esmiuçadas para sua melhor compreensão.

Um comentário:

Cochise César disse...

Olá. Eu sou Cochise César e já tentei fazer isso uma vez e não deu certo, mas pode ser que agora dê.

Quero convidar você a contribuir com um portal colaborativo de RPG. Um lugar onde apareçam só os posts mais importantes, independentemente de quem seja o autor ou em que site ele esteja.

Uma forma de tornar mais visível o conteúdo importante.

Para isso é preciso apenas que quando escrever um post importante faça um resumo dele e submeta para nós em http://rpgbrasil.co.nr/

Se quiser apoiar o projeto pode também adiconar nosso banner ao seu site http://i33.tinypic.com/2uh20pw.jpg

Abaixo segue um "release" do RPG Brasil.

O RPG Brasil é um agregador colaborativo.
Isso quer dizer que ele é um site “grande”, mas que vive de doações de conteúdo da comunidade. A idéia é que qualquer um possa “doar matérias”, inclusive eu.

Todos os blogs tem posts relevantes e não relevantes. Agregadores tratam todos da mesma maneira. Colocal todos eles listados lado a lado. Separar os artigos que realmente valem a pena ser lidos dos que não valem é uma tarefa difícil.
Mas há mais blogs do que se pode acompanhar, (aproximadamente 150) portanto seria necessário uma grande equipe para fazer uma seleção doque realmente importa.
Agregadores colaborativos partem do princípio da autocensura para resolver esse problema.
O autor sabe que os comentários que fez sobre as férias não são relevantes para pessoas que não sejam seus amigos. E ele sabe que o review de um jogo ou o novo NPC que criou é.
A ideia é que ele divulgue seus posts relevantes para a comunidade através desse site. Assim, o melhor conteúdo da blogosfera é indexado aqui.
Não publicamos aqui matérias completas, apenas chamadas, então o leitor interessado tem que ir ao blog de origem da matéria para lê-la por inteiro.
Nesse negócio ganha o leitor ganha por ter acesso a um conteúdo filtrado e o autor ganha por aumentar suas visitas e visibilidade